André Sturm

Iniciou sua carreira audiovisual em 1984. Trabalhou neste período na distribuição de filmes de arte na distribuidora Pandora Filmes. Comandou o departamento de programação da Cinemateca Brasileira no início dos anos 90. Em 2002, estreou seu primeiro longa-metragem, Sonhos tropicais. Em 2004 atuou como exibidor, assumindo o Cinema HSBC Belas-Artes na cidade de São Paulo, agora rebatizado de CAIXA Belas Artes.

Atualmente ocupa dois cargos: diretor-executivo do Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP), desde 2011, e presidente do Programa Cinema do Brasil, desde 2006, programa de exportação de filmes brasileiros financiado pela APEX e pelo Ministério da Cultura (Minc).

Tags: